quinta-feira, 23 de março de 2017

Poder para os trabalhadores contra a carne fraca do capitalismo


Coletivo Espaço Marxista

Com estardalhaço, a Polícia Federal deflagrou a operação "Carne Fraca", visando apurar irregularidades no setor frigorífico nacional, como a venda de produtos adulterados, vencidos ou com substâncias tóxicas. A pirotecnia foi a de sempre, envolvendo mais de mil policiais em seis Estados brasileiros e dezenas de prisões e mandados de busca. A megaoperação causou turbulência no setor, afetando as ações das gigantes JBS (Friboi, Seara) e BRF (Sadia, Perdigão) e trazendo queda vertiginosa nas exportações.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Oito de março- registros fotográficos


As imagens a seguir são de autoria do companheiro Ronaldo Werneck, do Sindicato dos Radialistas de São Paulo e amigo do Coletivo Espaço Marxista. Retratam a marcha dos movimentos populares e sociais no 08/03 deste ano (Dia Internacional da Mulher), na cidade de São Paulo.

O Coletivo Espaço Marxista destaca a importância e a necessidade urgente da luta feminista (que também precisa ser anticapitalista), contra a homofobia, a misoginia, a transfobia e qualquer outra forma de opressão ou preconceito.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Todo apoio aos servidores municipais de Florianópolis!


O Espaço Marxista se junta à campanha de solidariedade ao Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (SINTRASEM). Subscrevemos, assim, a moção de apoio proposta pela campanha, que vai abaixo, a qual divulgaremos amplamente em nossas redes sociais.

Ao Prefeito de Florianópolis, Gean Marques Loureiro,
Ao Procurador Geral da prefeitura de Florianópolis, Diogo Pítsica,
À Desembargadora do TJ-SC, Vera Lúcia Ferreira Copetti:

O Coletivo Espaço Marxista vem manifestar sua solidariedade com as exigências dos Servidores Municipais de Florianópolis, especialmente com a exigência de revogação do pacote de medidas aprovadas na Câmara de Vereadores a pedido do prefeito Gean Loureiro, que retiram direitos, cortam salários e destroem as aposentadorias. Nos dirigimos a cada uma das autoridades responsáveis pela situação criada pedindo-lhes que:

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Por uma frente única contra os ataques dos golpistas


Coletivo Espaço Marxista

O golpe avança a passos largos. Nos últimos dias o Brasil presenciou o óbito de Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Lula, vitimada por um AVC que, sem a menor sombra de dúvidas, deve ser atribuído ao alto grau de stress causado pela perseguição dos inquisidores de Curitiba. Como se sabe, Moro et caterva, em sua cruzada reacionária contra o PT (e, indiretamente, contra o conjunto da esquerda e movimentos sociais), há tempos têm perseguido implacavelmente Lula e sua família, em um festival de arbitrariedades que envolve denúncias sem provas em processos criminais, grampos de conversas familiares com posterior vazamento para a imprensa e o infame sequestro do dirigente petista cometido pela Polícia Federal em 04 de março de 2016.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

A morte de Teori Zavascki é outro capítulo do golpe



Coletivo Espaço Marxista

Mal foi confirmada a morte de Teori Zavascki, no acidente aéreo que vitimou ainda outras quatro pessoas no dia 19 de janeiro em Paraty-RJ, a especulação sobre o nome de seu sucessor no Supremo Tribunal Federal correu solta, em meio a uma rede de intrigas, suspeitas e boatos que tomou conta da grande mídia e das redes sociais. Tanta celeuma tem razão de ser: Teori era o relator da Lava Jato no Supremo, e conforme o regimento da corte o ministro nomeado para sua vaga será seu substituto na relatoria. E como se sabe a indicação fica a cargo do presidente da República, no caso o golpista Michel Temer, citado inúmeras vezes na mesma Lava Jato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...